domingo, outubro 03, 2010

No dia em que eu saí de casa - Zezé di Camargo e Luciano



Hoje me emocionei de novo com o filme DOIS FILHOS DE FRANCISCO (  e todos os outros...). Chorei e ri, vendo, por incrível que pareça, um filme na TV Globo em pleno domingo a tarde!
É uma história que recomendo, por mostrar um Brasil tão brasileiro, tão real, tão próximo daquilo que vi na minha meninice. Reconstituída a história com tanta singeleza, mostrando tão bem a “loucura da força” do seu Francisco. Homem admirável! Como ele disse no filme:
 _"Meus parentes me chamam de louco...”
 Bendita loucura,né seu Francisco?  Fico orgulhosa quando vejo histórias assim, de pessoas humildes, mas com garra capaz de vencer tantos obstáculos como venceu essa família, agarrados uns aos outros como seguiram na vida. Não sei como vivem hoje em dia, não sei se conseguem se manter com o carinho que se viu no filme. De toda forma, são vencedores! E se por nada mais pudessem ser lembrados, seriam, ao menos por mim, lembrados por mostrar num filme, pedaços da nossa história entrelaçados na sua.

Postar um comentário