sexta-feira, fevereiro 19, 2010

Mutações

( foto tirada por mim- Rio do Sul SC)

De soberana, a coroa largou

Nalgum canto, que um dia passou!

Da abelha, o mel se perdeu

E da voz, a cantiga emudeceu!

***

Num raso divã se foi ajuizar

Quem sabe outro eu é preciso encontrar

Mas Bóreas, veloz, pra outro lado arrastou

Girando,cantando sem nunca cansar!

***

Da Divindade, tornou-se esquecida

Inda assim, a luz não se abrandou

E confiando habitar nova vida

Distintas paragens, por fim cativou!

( autoria Ivete kg - 13.01.2010)

Postar um comentário