segunda-feira, julho 27, 2009

Captando

foto tirada por mim - estrada do Caracol RS
Ganhei um brinquedo novo que já não me sai da mão
Adivinha, se puderes teor de tal devoção
É uma maquineta curiosa que te pode apanhar
Não em toda tua essência, mas te vai perpetuar
***
Se me caíres na mira, confia: não vou errar!
De morrer não tenhas medo, não venho pra te matar
E abre um amplo sorriso que indique a tua alegria
Ou fica de um jeito sereno, traduzindo nostalgia
( escrita por Ivete 14.04.2009)

Postar um comentário