quarta-feira, outubro 24, 2007

ORANDO

Começos. Ou recomeços.
A alegria de servir-te Senhor: Na simplicidade, na oração, no louvor. Sei que não sou digna, mas Tua Palavra me salva, Teu Amor me conduz, Tua vontade me seduz. Em meio à tudo, tu sempre me apanhas em teu redil de pastor que não quer perder sequer uma ovelha. Tu me unges, me convidas à Tua Santa mesa e partilhas comigo.Os momentos de alegria, os momentos de aflição, os momentos de dúvidas, os momentos de confiança: Tudo é Teu Senhor. Nada mais tenho para Te ofertar, somente o que Tu mesmo me concedes. Tudo é Teu. Minhas dúvidas, minha fraqueza... Nada faço por minha vontade, mas pela Tua. Nada faço por minha capacidade, mas pelo que me permites. Mesmo quando não quero, sei que sou Tua, oh, Deus. Nada posso contra tua força, eu que sou toda fraqueza. Nada posso com tua suavidade, eu que sou toda rudeza. Nada posso com Teu grande amor, em minha limitada capacidade de amar. Teu é o poder, a honra e a glória para todo o sempre. Amém!
Postar um comentário