terça-feira, julho 24, 2007

SAUDADES

A suprema utilidade das palavras não é servirem para designar coisas, mas fazerem sonhar. Tens saudades não sabes de quê, nem de quem… E isto não cabe em palavras… Não são as saudades maiores que as palavras? O que te (co)move são saudades de Deus. Nunca percas a capacidade de admirar o mundo ao teu redor. E admira-te, sobretudo com que, de tão pequeno, se faz tão grande no teu coração. Uma árvore a cair faz mais ruído do que uma floresta a crescer. Assim é com a vida das pessoas: as mais silenciosas são as mais sábias. A essência da vida é a pergunta, mais do que a resposta. A praia nunca deixa de retribuir ao mar as perguntas que ele lhe faz.( Jorge Chichorro Rodrigues)
Postar um comentário