domingo, junho 10, 2007

PALAVRA: Minha Paixão!

A palavra, para mim tem valor ainda superior às imagens. Senão vejamos: “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós”. Não foi a imagem que se fez.
Só esta frase já mostra a força imensa da palavra. Uma palavra proferida, além de ser energia que sai de nós, energia em movimento, jamais poderá ser recuperada. Mas voltará a nós, com os efeitos por ela produzidos. Uma palavra, ou palavras escritas trazem, a qualquer tempo, a essência da pessoa que as escreveu. Um poeta, um escritor, um cientista, com suas palavras perpetua-se através dos tempos. Podemos olhar para as pessoas com quem convivemos, e saber, sentir que elas nos amam, mas dependendo das palavras que proferirem, todo o sentimento é posto em dúvida ou até, muitas vezes: destruído. Uma palavra pode destruir a reputação de uma pessoa séria, pôr em dúvida a honestidade de alguém, ferir profundamente, condenar à prisão um inocente. Uma ou mais palavras, podem levar alguém a cometer um desvario. Uma palavra amiga tem o dom de curar feridas, aliviar dores. Por tudo isso julgo a palavra tão importante, pois tantas vezes, mesmo que seja proferida( escrita) à distância, tem o dom de tornar-se ombro, abraço amigo cheio de doçuras ou até, para muitos, a sensação do gozo sensual. Pode-se contestar a força da palavra?
Será que a estamos usando da maneira correta?
Postar um comentário