terça-feira, fevereiro 13, 2007

ÁS VOLTAS!

Voltando de longas andanças interiores... Querendo estar presente na vida dos amigos, daqueles que amo, daqueles todos que me são caros. Observando datas, fatos, pessoas. Encontrando a calma na minha alma. Doando-me da forma que conheço. Sinto-me quase em paz. Não fossem as dores dos outros que doem em mim, às vezes mais que as minhas próprias. E me sinto tão impotente... Então rezo e rezo! É a única maneira que encontro de ajudar. Por fora, uma pessoa durona e forte. Por dentro, dor de não poder fazer tudo o que gostaria para ajudar. E “assim caminha a humanidade...” Este é o desafio diário de todos nós!
Postar um comentário