sábado, dezembro 02, 2006

DESAMOR

Vejo duras realidades ao meu redor: Não tenho mãos para transformá-las em algo melhor.
 Sonho realidades distantes: Não tenho pernas para alcançar meus sonhos.
 Choro minhas próprias dores: Tantas vezes não tenho mais lágrimas para chorar as dores dos outros.
Postar um comentário